Cores na barra de rolagem

História  

Documentos & Normas  

Setores  

Equipe  

Coleções  

Pesquisa, Estágio e Colaboração  

Ensino e Extensão  

Museu de Zoologia Virtual  

Exposições  

Biblioteca & NUPAE  

Links Recomendados  

Contato  

Mapa do Site  

Ajuda & Sobre esta página  

 

Última atualização: 20.março.2010  

 

coleção de científica de Répteis (inicialmente, exemplares de Serpentes) do Departamento de Zoologia da Universidade Federal da Bahia foi criada em 1987 pela Profª. Msc. Tania Köbler Brazil e pelas então estudantes de Ciências Biológicas da UFBA Rejâne Maria Lira da Silva e Luciana Lyra Casais e Silva, à época estagiárias da Profª. Tania Brazil. Neste ano foi criado o Laboratório de Animais Peçonhentos (LAP) e que, em 1992, foi reconhecido pelo Ministério da Saúde como Núcleo Regional de Ofiologia e Animais Peçonhentos (NOAP). As primeiras serpentes foram coletadas em 1982, pela Profª. Tania Brazil no resgate da fauna da Barragem de Pedra do Cavalo para a construção do Lago de Sobradinho. Em 1988 a coleção recebeu considerável incremento no resgate da fauna da Usina Hidroelétrica de Itaparica e a partir daí consolidou-se a pesquisa com este grupo animal. Hoje, é considerada uma das coleções mais representativas do Nordeste, com cerca de 1700 animais tombados.

     A coleção de Serpentes conta com espécimes principalmente da Bahia, tendo forte caráter regional. Possui representantes de biomas diversos, como Mata Atlântica, Caatinga e Cerrado. Encontra-se  neste   momento

[14 de bril de 2007] em processo de reorganização, conferência e informatização, devendo estas estapas estarem findadas até o final do ano de 2007.

Curador: Dr.a Rejâne Maria Lira da Silva.

Auxiliares de curadoria: Breno Hamdan de Souza.

Táxons presentes na coleção: táxon, unidades da Federação, número de espécimes.

Pontos geográficos amostrados.

Séries-tipo: holótipos, parátipos...

Jararaca (Bothrops  sp.) oriunda de Miguel Calmon, Bahia, e depositada no Museu de Zoologia da UFBA.

(Foto: Rafael Abreu)